Governanca TI

De acordo com o IT Governance Institute (2005);
“A Governança TI é de responsabilidade da alta administração (incluindo diretores e executivos), na liderança, nas estruturas organizacionais e nos processos que garantem que a TI da empresa sustente e estenda as estratégias e objetivos da Organização.”

Analisando esta definição, podemos concluir que a governança de TI busca o compartilhamento de decisões de TI, estabelecendo regras para a organização de processos entre usuários, departamentos, divisões, negócio da organização, fornecedores e clientes, determinando como a TI deve prover os serviços para empresa.

A Governança Ti não é somente a implantação de Modelos como CoBiT, ITIL, etc.

A Governança TI deve:

  • Garantir o alinhamento da Ti ao negócio (estratégias e objetivos);
  • Garantir a continuidade do negócio contra interrupções e falhas;
  • Garantir o alinhamento da TI a marcos de regulação externos como a Sarbanes-Oxley (para empresas que possuem ações, títulos oi papéis sendo negociados em bolsas de valores norte-americanas), Basiléia II ( no caso de bancos) e outras normas e resoluções

A Visão de Governança que é sugerido vai alem dessas definições, podendo ser representada pelo chamado de “Ciclo da Governança de TI”, composto por 4 etapas:

  1. Alinhamento estratégico e Compliance
  2. Decisão
  3. Estrutura e Processos
  4. Medição de desempenho da TI

Como é representado na imagem abaixo:

Alinhamento Estratégico e Compliance refere-se ao planejamento estratégico da tecnologia da informação, que leva em consideração as estratégicas da empresa para seus vários produtos e segmentos de atuação.

Decisão, Compromisso, priorização e alocação de Recursos refere-se às responsabilidades pelas decisões relativas à TI, em termos de: arquitetura de TI, serviços de infra-estrutura, investimentos, necessidades de aplicações, etc. mesmo como definição dos mecanismos de decisões, ou seja, como e aonde serão realizadas essas decisões na empresa.
Adicionalmente, trata da obtenção do envolvimento dos tomadores de decisão, assim como definição de prioridade de projetos e serviços.

Estrutura, Processos, Operações e Gestão refere-se à estrutura organizacional e funcional de TI, aos processos de gestão e operação dos produtos e serviços de TI, alinhados com as necessidades estratégicas e operacionais da empresa. Nesta fase são definidas ou redefinidas as operações de sistemas, infra-estrutura, suporte técnico, segurança da informação, etc.

Medição do Desempenho refere-se à determinação, coleta e geração dos indicadores de resultados dos processos, produtos e serviços de TI e à sua contribuição para as estratégias e objetivos do negócio.

(Fonte: Livro – Implantando a Governança de TI – Aguinaldo Fernandes e Vladimir Ferraz)

Add your review

Your email address will not be published. Required fields are marked *